Intolerância ao glúten: tudo que você precisa saber sobre o assunto

A intolerância ao glúten é uma das manifestações de intolerância alimentar mais comum nos dias atuais. De acordo com pesquisas de universidades brasileiras, um em cada seis brasileiros tem ou vai desenvolver algum grau deste tipo de intolerância durante a vida.

Mas você sabe o que é a intolerância ao glúten? Quais são seus sintomas? Como podemos diagnosticar e tratar a doença? Acompanhe abaixo um guia com as principais respostas para essas e outras perguntas sobre o assunto.

O que é intolerância ao glúten?

A intolerância ao glúten é uma doença que se manifesta quando nosso organismo simplesmente não tolera ou processa a proteína do trigo conhecida como glúten.

Esta condição impede o intestino de absorver vitaminas, minerais e outros nutrientes prejudicando a absorção dos mesmos e piora da nossa qualidade de vida .

Como consequência manifesta-se uma série de sinais e sintomas que acabam por prejudicar e dificultar nossa rotina alimentar e nosso bem estar.

Causas da intolerância

As causas da intolerância ao glúten podem ter origens diversas. Podem ser de ordem genética, quando o indivíduo herda dos pais uma predisposição a intolerância á proteína do trigo.

Aspecto imunológico também é uma das causas da doença. O sistema de defesa do organismo não reconhece a gliadina e a glutenina não conseguindo absorver as mesmas em aminoácidos menores na área de absorção.

Assim faltam-se as imunoglobulinas necessárias para o processo o que resulta no aparecimento dos sintomas. O próprio organismo lesiona a área de absorção como forma de sinal de que aquilo está lhe fazendo mal.

Outra causa deste tipo de intolerância é ambiental. Ou seja, o consumo exagerado de alimentos que contém trigo e seus derivados em excesso também são uma causa do desenvolvimento desta condição.

Quais são os principais sintomas de intolerância ao glúten?

Os principais sintomas deste tipo de intolerância dizem respeito ao grau da doença em si. Podem ser mais brandos ou mais agressivos dependendo do estágio. Podem ser sintomas típicos e atípicos.

Sintomas típicos

Os sintomas típicos de intolerância ao glúten são:

  • diarreia crônica;
  • perda de peso;
  • anemia;
  • fraqueza;
  • irritabilidade;
  • dores abdominais recorrentes;
  • vômitos;
  • intestino solto;
  • refluxo gastroesofágico.

Sintomas atípicos

Também pode ocorrer sintomas não totalmente ligados a manifestações comuns da doença:

  • cólicas;
  • azia e flatulência;
  • cansaço excessivo;
  • inflamações na pele;
  • manchas vermelhas pelo corpo;
  • coceira que não para.

Como aliviar os sintomas?

A melhor maneira de eliminar estes sintomas é excluir totalmente da dieta qualquer alimento que tenha trigo ou derivados na composição. Excluir massas, bolos, farinha de trigo, aveia, cevada e outros grãos derivados do gérmen do trigo.

Uma alternativa é incluir alimentos feitos a base de outros cereais como o milho, o arroz ou a mandioca.

Como tratar a intolerância ao glúten?

O acompanhamento com um nutricionista é indispensável para o tratamento desta forma de intolerância. Somente o nutricionista e o médico podem fazer a melhor abordagem terapêutica para a diminuição dos sintomas da doença.

A dieta sem glúten é o melhor tratamento para a doença. Também pode ser usado enzimas que favorecem a absorção do glúten para casos menos graves com a prescrição nutricional.

Como é feito o diagnóstico?

O diagnóstico é feito de duas maneiras: excluindo o glúten da dieta em um teste observativo para detectar a diminuição ou permanência dos sintomas ou através de exames de sangue, fezes ou urina que avaliam a existência do glúten nessas substâncias.

Quais alimentos são proibidos?

Os alimentos proibidos são aqueles vindos do trigo e seus derivados. Pão francês, bolos caseiros, pizza, macarrão, massas de sêmola, cerveja, cevada, centeio, aveia, farinha de aveia são totalmente proibidos.

Quais alimentos são indicados?

Em geral qualquer alimento que não contenha glúten é indicado em substituição no tratamento. Pães e biscoitos a base de arroz, mandioca, abóbora ou milho são indicados. Tapioca, batatas e tubérculos também são alimentos indicados em substituição aos alimentos com glúten.

FAQ – Perguntas Frequentes

Existe medicamento para intolerância ao glúten?

Não existe medicamento exclusivo para o tratamento desta intolerância. O que pode auxiliar no tratamento são suplementos como vitaminas e minerais para aumentar a imunidade do corpo e diminuir os sintomas.

Assim como enzimas específicas para auxiliar na absorção do glúten em casos mais leves.

Intolerância x Sensibilidade ao glúten: quais as diferenças?

A intolerância ao glúten é uma condição clínica mais agressiva e sintomática do que a sensibilidade ao glúten.

Enquanto os sintomas da intolerância se manifestam com mais frequência, os sintomas da sensibilidade são menores e passam despercebidos diversas vezes.

Porém, destacamos que a maioria dos casos de sensibilidade ao glúten quando não diagnosticados e tratados a tempo podem evoluir para intolerância.

Existe cura definitiva para a intolerância?

Infelizmente não existe cura definitiva para este tipo de intolerância. Porém, em alguns casos as pessoas podem voltar a consumir alimentos com glúten em menor quantidade com o tratamento adequado.

Mas, é indispensável acompanhamento recorrente de um profissional de saúde para alívio dos sintomas e melhor qualidade de vida.

Leave a comment

Your email address will not be published.